Sobre o trabalho

Por todos os lados que se mirem os olhos há gente trabalhando.

Há quem está indo trabalhar; há quem está levando gente ao trabalho.

Há quem ame seu trabalho, há quem o deteste de todo coração. Há quem o enxergue apenas como meio de ganhar dinheiro e lhe é indiferente – acredito, aliás, que aja assim a maioria das pessoas.

Há quem trabalhe muito sob o sol quente; há quem trabalhe pouco envolvido pelo ar condicionado.

Há quem se mate de trabalhar.

Há quem mate a trabalho.

tempos

Há quem trabalhe a vida toda e morra pobre; há quem nunca trabalhou e, ao morrer, deixa uma herança que sustentará ainda três gerações

Há quem não vê a hora se der mandado embora; há quem não vê a hora de alguém ser despedido.

Há colegas de trabalho; há colegas que dão trabalho.

Há chefe, há funcionário.

Há líder, há colaborador.

Há patrão, há empregado.

Há trabalho bem remunerado; há salários de fome.

Há quem diga que o fruto do trabalho é o dinheiro, há quem diga que a dignidade do homem está no trabalho.

Há quem gostaria de ser capaz de trabalhar.

Há quem queira trabalhar.

Há trabalho.

Há, mas falta.

*Imagens do filme “Tempos Modernos” (1936)

Anúncios

2 comentários sobre “Sobre o trabalho

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s