Porque as pessoas odeiam (ou amam) o domingo

As pessoas não odeiam o domingo porque é o dia que precede a segunda-feira. Nem mesmo porque escutam Faustão falar: “logo após os reclames do plim plim”.  As pessoas não gostam do domingo porque é o dia em que ficam mais próximas de si mesmas. E, se isso não for (ou não estiver) bom, a reação é execrar o dia em que Deus descansou.

Mas, por que escolhi este dia para cravar que é o que as pessoas ficam cara a cara consigo?

467de9ddd30a17958772c6481af5188c

Porque normalmente é o dia em que não se faz nada. E o nada pode ser desolador. Salvo algumas exceções (desde que comecei a trabalhar em um jornal diário, por exemplo, alguns dos meus fins de semana são dedicados ao labor), de segunda a sexta, todos nós temos compromissos fixos com trabalho, academia, faculdade etc. E o sábado é o típico dia para resolver as várias coisas que não conseguimos durante a semana, além de se divertir.

Mas domingo… É o dia da preguiça, dizem uns. É um dia morto, dirão outros.

Fato é que usualmente o domingão é o dia sem comprometimento com os outros. Daí, quando você olha para um dia inteiro em que terá de viver consigo mesmo, ou fazendo coisas que goste, ou mesmo descansando, bate aquela leve angústia. Afinal, não estamos acostumados a ter que viver conosco.

No meu caso, pra fugir dessa sensação pesada, recorro à tela retangular e brilhante do meu smartphone. Fico ali horas fazendo NADA com a sensação de que estou agindo, quando, na verdade, estou apenas jogando minhas horas de vida fora no deslizar dos dedos.

É a minha fuga. E eu não gosto. Você tem alguma?

Bom mesmo é ter um dia da semana todo pra si (e saber como aproveitá-lo). Pode-se escolher passar com a família, passeando com o cachorro ou tomando sorvete de morango na pracinha. Ou lendo aquele livro empoeirado ou vendo aquela série que estava atrasada – mas é importante não ficar totalmente preso a este último item. Ou mesmo escrevendo em um blog que há tantas anda abandonado.

As possibilidades são infinitas! Planejamento e disposição ajudam. Olhar o domingo sob outra perceptiva também. Afinal, para você, o domingo é o último dia do fim semana ou o primeiro do começo de outra?

Ainda prefiro ficar com a última opção.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s