Blues, Folk e Country tomam conta de Ouro Preto nos dias 14 e 15 de outubro

Primeira edição do Festival Internacional Chapadas Folk’n’Blues leva à cidade histórica dois dias de evento, que vão contar com apresentações do eixo Blues/Folk/Country representados por 6 grupos mineiros, e uma atração Internacional, além de ações sustentáveis, dança e gastronomia

 O cenário para a primeira edição do Festival Internacional Chapadas Folk’n’Blues não poderia ser melhor. A cidade de Ouro Preto, que todo ano recebe turistas do mundo inteiro, e é reconhecida pela constante troca cultural em todas as vertentes da arte. Dessa forma, o objetivo do encontro musical, que ocorrerá nos dias 14 e 15 de outubro, na Chapada de Ouro Preto/Lavras Novas, é atuar em sintonia com a forte característica da cidade em promover o intercâmbio cultural.

Além das seis bandas mineiras, o Festival Internacional Chapadas Folk’n’Blues traz à cidade o americano nascido em Chicago Mark Greenspon, no dia 15 (sábado). Com mais de 20 anos de carreira em sua trajetória em prol do blues, o músico vem à Minas estabelecer conexões com bandas expoentes da cena musical brasileira, e apresentar seu trabalho construído ao longo do tempo de carreira.

No line-up do festival, bandas de Belo horizonte, Pedro Leopoldo, Sabará e Ouro Preto darão as boas vindas ao artista americano que vem ao Brasil pela primeira vez em sua carreira.  Quem sobe ao palco no dia 14 (sexta-feira), é a banda de BH That’s All Folk. O show começa as 21:00 horas e tem um repertório que reúne folk, blues-rock e country. Depois, é a vez do show da The Lee Gang, que dá lugar ao trio ouro-pretano HollyBomba. A noite de sexta termina ao som da Jam Session entre os músicos do festival e convidados especiais.

Leia mais »

A voz do povo é a voz de muitas e de muitos

Coletivo de Belo Horizonte apresenta propostas com participação popular para as eleições municipais de Belo Horizonte em busca de uma capital mais democrática

Laura Maria

Mylena Lacerda

Uma cidade justa e igualitária deve ser construída, acima de tudo, com ativa participação popular na política. Essa é a principal ideia do coletivo Muitxs Cidades que Queremos BH, que pretende, com suas propostas, ocupar as eleições municipais de Belo Horizonte deste ano. Para isso, pelo menos oito integrantes do coletivo tornaram-se pré-candidatos ao cargo de vereador pelo PSOL, como é o caso de Áurea Carolina de Freitas e Silva, mestra em Ciência Política pela UFMG e uma das idealizadoras do projeto.

“Temos afinidade programática com o PSOL. Houve uma acolhida importante do partido, e nós temos uma conversa com vários setores de lá que é muito proveitosa”, justificou-se, ao dizer que o coletivo também dialogou com a Rede de Sustentabilidade, com o PSTU e com o PCB.

A conversa com os partidos, inclusive, aconteceu ao longo do ano passado, quando também foram idealizadas dez propostas para a cidade. Inicialmente, o grupo divulgou proposições pensadas pelos próprios integrantes do Muitxs. E com o lançamento da plataforma muitxs.org, a população também passou a sugerir ideias para a construção de uma política popular.

Leia mais »

Educomunicação e autoestima

A escola, para Paulo Freire, nunca esteve restrita ao espaço físico que ocupa uma sala de aula, com quadro negro, cadeiras enfileiradas e um processo de comunicação unidirecional. O educador enxergava o aluno como um sujeito capaz de interferir em todos os processos em que se encontra. Segundo Freire, “não há, realmente, pensamento isolado, na medida em que não há homem isolado”.

Dessa forma, o pedagogo pernambucano, conhecido mundialmente pela notabilidade de seus pensamentos, dá as primeiras formas ao campo de estudo que atende pelo nome de educomunicação. A metodologia pedagógica, que aos poucos tem se consolidado nas pesquisas brasileiras, utiliza de recursos midiáticos para potencializar o ensino.

O conceito, entretanto, não se restringe a união entre aprendizagem e meios de comunicação. Ismar Soares, estudioso brasileiro mais notável do assunto, chama a atenção para o principal objetivo da educomunicação: o de estimular a auto-estima e a capacidade de expressão das pessoas como indivíduo e em grupo.

Leia mais »

‘Bolsonaro pode fazer como Stálin’

Cientista político mineiro Lucas Cunha analisa o discurso do Deputado paulista muito se assemelha ao do ditador soviético, que dizimou milhões de vidas durante a União Soviética, já que ambos pregavam o conservadorismo exacerbado.  O cientista defende ainda que Bolsonaro tem muitos seguidores porque ele representa uma alternativa anti-petista.

Nos últimos tempos, Jair Bolsonaro ganhou destaque nacional graças as suas declarações machistas e homofóbicas, especialmente. Que tipo de impacto tais manifestações causam na sociedade?

Esse tipo de manifestação incita o ódio e faz com que as pessoas briguem entre si, porque Bolsonaro tem posições pró fascistas. Com o final da ditadura e transição para a democracia, houve uma série de forças políticas que associavam o termo direita à ditadura, e o esquerda à democracia. Na verdade, a esquerda tem uma ideologia mais estatista, enquanto a direita tem suas bases no mercado. Bolsonaro surge, então, como representante da ultradireita no país, que já feriu o decoro parlamentar e que faz discursos de ódio em pleno exercício da democracia.

Leia mais »

Olhos, para quê te quero?

Visibilidade LGBT é um assunto que tem começado a ser discutido em redes sociais e, graças a coletivos sociais, ganhado mais força. Mas o tema, muitas vezes, é um tabu no ambiente universitário

Por Laura Maria e Mylena Lacerda

Quando se lembra da época em que estudou no UniBH, a publicitária Júlia Cruz, de 24 anos, inevitavelmente sente uma pontada de tristeza. É que no período em que cursou Publicidade no campus Antônio Carlos, entre 2010 e 2013, Júlia não se recorda de uma discussão sequer sobre a visibilidade LGBT na faculdade.

“Era um tremendo silêncio”, afirma, ao ressaltar que o tema nunca foi tratado em palestras nem em seminários e que, além disso, parecia ser um tabu entre os estudantes.

Leia mais »

De volta à tela da rede Record

Chris Flores vai comandar o reality show ‘Troca de Família’ a partir de terça-feira

Depois de oito meses fora do ar, desde que deixou o programa matinal da Record “Hoje em Dia”, Chris Flores afirma que está totalmente renovada para seu novo trabalho nas TV – ela vai apresentar o “Troca de Família”, reality show que volta ao ar com os melhores momentos a partir da próxima terça-feira, dia 29, às 23h30.

“Foram sete anos de ‘Hoje em Dia’, programa que deu uma revolucionada na TV aberta brasileira, mas o meu tempo era praticamente dedicado somente a ele. Por isso, estava na hora de mudar e de fazer uma reciclagem”, disse ela, que chegou a receber um convite para ir trabalhar na RedeTV!, mas preferiu permanecer onde estava.
Chris comentou ao Super Notícia que se identificou logo de cara com o programa quando recebeu o convite. “Este é um projeto de conteúdo familiar, que traz mulheres, mães em evidência. Além do mais, não tem baixaria, que vai ao encontro ao que faço em minhas atividades pessoais”, disse ela.

Leia mais »

Moda que vem das novelas

Tramas ditam tendências com o modo de vestir de personagens

Mais do que sentir raiva de um vilão, chorar com cenas de amor ou gargalhar com figuras engraçadas, os personagens dos folhetins também ditam moda. “A Regra do Jogo”, trama das nove da Rede Globo, é o exemplo mais recente disso. Lançada há pouco mais de duas semanas, a exibição chamou a atenção de seus telespectadores pelo modo de vestir dos personagens.

O estilo de Ninfa, personagem de Roberta Rodrigues, por exemplo, causou pela ousadia. A dançarina de funk deixa o corpão de fora quando usa seu short-calcinha. De acordo com a blogueira Jéssica Cirino, dona do Blog da Jay, o estilo de Ninfa é reflexo da força que o estilo musical típico dos morros cariocas tem tomado. “O funk hoje tem mais espaço no cenário geral do que há alguns anos, com Ludmilla, Valesca e Anitta”, analisou.

Mas essa tendência não é limitada! Jéssica afirma que a forma como as mulheres têm lidado com o próprio corpo também contribui para que elas se sintam à vontade para vestir o que quiserem. “As mulheres estão cada vez mais independentes e seguras de si mesmas. Então, o estilo mega sensual e provocativo foi ganhando mais força”, explicou a especialista.

Leia mais »

Mamães famosas e muito lindas

Só neste ano, pelo menos seis celebridades anunciaram a gravidez

A cegonha está fazendo temporada no mundo das famosas! Neste ano, várias celebridades receberam a notícia de que seriam mamães. Algumas, de primeira viagem, outras, à espera do segundo filho, mas todas muito felizes com a novidade de gerar um bebê.

A última famosa a anunciar que está grávida foi Sophie Charlotte. Noiva do ator Daniel de Oliveira, a atriz revelou a gravidez no fim do mês passado. Os dois estão de casamento marcado para o dia 6 de dezembro.

Outra mamãe que está cada dia mais linda é Deborah Secco. Grávida de sua primeira filha, Maria Flor, a atriz, de 35 anos, disse à revista “Caras” que não poderia estar melhor. “Estou tendo os meses mais felizes e tranquilos da minha vida. A gravidez acabou com minha ansiedade e me trouxe uma paz que nunca tive”, falou.

Com a barriguinha ainda discreta, a ex-BBB Adriana Sant’Anna está grávida de dois meses de Rodrigão, com quem esteve confinada no “Big Brother Brasil 11”, da Rede Globo.

Leia mais »

Renascida das cinzas?

Depois de quase morrer, Andressa Urach conta em autobiografia as suas loucuras

Andressa Urach sempre deixou claro que adora ser vista na mídia. São inúmeras as polêmicas que envolvem o seu nome, desde o suposto envolvimento com o craque Cristiano Ronaldo até as fotos vazadas pós-cirurgia de retirada do hidrogel.

E, agora, que a vice-campeã no concurso Miss Bumbum Brasil 2012 se diz convertida ao Evangelho é que os fatos mais cabeludos de sua vida estão vindo à tona com o lançamento da sua autobiografia “Morri Para Viver – Meu Submundo de Fama, Drogas e Prostituição”, da editora Planeta. A apresentadora revelou todos os seus bafões depois que ficou entre a vida e a morte, no fim do ano passado, em decorrência de complicações aos implantes de hidrogel nas pernas para alertar sobre os riscos da fama a qualquer custo.

As histórias narradas por Andressa são bem intensas e chegam a ser assustadoras. Uma das que mais chocou foi a sua revelação de que teria perdido a virgindade com seu meio-irmão. No livro, sem citar nomes, ela afirmou ter tido a primeira relação sexual com seu parente de primeiro grau enquanto ambos voltavam de uma festa bêbados.

Leia mais »